Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Juíza concede perdão judicial para homem que causou acidente em que faleceu sua esposa

goo.gl/zEg1iX | A juíza da 1ª Vara Criminal, Rosângela Zacarkim dos Santos, condenou dois homens apontados como responsáveis pelo acidente que resultou nas mortes de Geltrudes Porfirio, 34 anos, e Osvaldo Barbosa Pinheiro, 33 anos. A colisão entre a caminhonete Ford F250 preta e o VW Gol ocorreu em julho de 2012, no cruzamento entre a avenida das Águias e a rua Teles Pires, no bairro Maria Vindilina 1.

Juíza Rosângela Zacarkim
Ademilson Paiva Rodrigues, 39 anos, que dirigia a caminhonete, foi condenado a dois anos e quatro meses de detenção. Entretanto, a magistrada substituiu a pena privativa de liberdade por uma restritiva de direitos. Desta forma, ele deverá prestar serviços comunitários uma hora por dia, durante o tempo de condenação. Também cumprirá restrições durante o final de semana, em local ainda a ser designado.

Luis Roberto de Oliveira Santos, 42 anos, motorista do VW Gol, também acabou condenado. No entanto, teve o perdão judicial concedido. A juíza entendeu desnecessária qualquer punição, pois “o agente já sofreria pela ausência da vítima, seu ente querido”. Em depoimento, o réu informou que ficou afastado do serviço e “levou um choque muito grande com o ocorrido”, tendo demonstrado que foi “demonstrando demasiadamente impactado com o acidente que ceifou a vida de sua esposa e de um amigo muito próximo”.

No VW Gol também estavam uma criança de 8 anos e um rapaz de 18. Eles foram socorridos e sobreviveram ao acidente. Gertrudes foi sepultada em Cláudia (90 quilômetros de Sinop). Já Osvaldo foi velado e sepultado no cemitério municipal.

Ainda cabem recursos às sentenças.

*(Foto principal meramente ilustrativa: reprodução Internet)

Fonte: www.sonoticias.com.br

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!