Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Confira 4 ótimas lições de grandes escritórios de advocacia para você se inspirar

goo.gl/alGdO2 | Partindo do pressuposto de que, seja em tempos de prosperidade ou de crise, os advogados sempre serão profissionais bastante requisitados, não é de se espantar o aumento no número de escritórios de advocacia pelo mundo afora. E como nunca antes se teve notícia de uma quantidade tão grande de profissionais em atividade, o nível de competitividade anda extremamente elevado. Concorda que para ser bem-sucedido nesse contexto é preciso pensar em estratégias? Pois separamos hoje 5 exemplos de táticas praticadas por grandes escritórios de advocacia para inspirar seu trabalho. Confira:

Especialização

Uma vez que o mercado está cada vez mais especializado, um profissional que conhece mais profundamente um determinado assunto será mais valorizado, recomendado e procurado. É importante, claro, ter um conhecimento básico geral, mas está se tornando cada vez mais importante se especializar em uma área do Direito — principalmente em áreas novas ou pouco exploradas. Tornar seu escritório de advocacia referência em um setor é uma das maneiras mais acertadas de conquistar novos clientes, de ser demandado inclusive por outros escritórios para serviços de correspondência e de se tornar visível.

Networking

Networking é uma palavra-chave para qualquer profissão contemporânea, o que inclui, claro, a advocacia. Pense bem: a criação e a manutenção de círculos sociais profissionais permite uma interação que pode render ótimos frutos. E embora esse seja um exercício diário, muitos profissionais erram ao vê-lo como uma obrigação. O bom networking é o orgânico, por meio do qual umas relações vão puxando as outras, de modo que, em um dado momento, você não precise mais impor sua presença. Então indique colegas e escritórios de advocacia, trabalhe junto com eles e se ligue sempre a profissionais de confiança em outras seccionais, por exemplo. Só não se esqueça de que o networking é uma via de mão dupla que tem a confiança como base. Assim a indicação deve vir naturalmente de ambos os lados.

Profissionalismo

Realize um trabalho de qualidade, cumpra o que prometeu ao cliente, não gere falsas expectativas e esteja disponível: essas são as principais bases para um escritório de advocacia ser reconhecido por seu profissionalismo. Um erro comum entre escritórios de advocacia que estão começando é fazer promessas impossíveis de prazos sobre a duração de um processo ou até mesmo garantir ganho de causa em certas ações. Peças mal redigidas, falta de pesquisa e dificuldade de contato são outras reclamações bem comuns. Isso gera má reputação tanto ao escritório de advocacia como ao profissional em si, dificultando a prospecção futura e as indicações de clientes e outros escritórios.

Então jamais se esqueça de que o profissionalismo é a marca de um bom negócio — e isso vale para absolutamente qualquer área! Portanto, na advocacia também tem que fazer parte da ética do advogado. Assim, estabeleça prazos plausíveis para entrar com uma ação, seja coerente com a média de duração de um processo, faça um trabalho de qualidade e deixe clara sua disponibilidade ao cliente. Isso mostrará a seriedade do seu trabalho, automaticamente agregando valor ao escritório. Vale lembrar que também faz parte do profissionalismo admitir quando não se é capaz de realizar o trabalho proposto, mesmo que os honorários sejam de valores significativos ou o caso seja interessante. Além disso, entenda desde já que dizer não é uma excelente oportunidade de praticar o networking, ao indicar um outro escritório de advocacia que trabalhe na área.

Proatividade

Especialmente porque muitos clientes procuram advogados em situações de desespero, nessas horas é imprescindível ser proativo em vez de apenas reagir. Já durante o decorrer natural do processo, manter essa proatividade também conta bastante. Por isso, esforce-se para informar ao cliente sobre alterações no processo, mantenha o contato e atue como conselheiro. Faça-se presente para se tornar uma referência. E a proatividade tem uma outra face muito interessante, que permite que você controle a relação. Assim, se você mostra que está atento e que entrará em contato nas movimentações, poderá fazê-lo conforme sua agenda. Essas pequenas questões permitem controle na rotina e aumentam sua otimização do tempo, tornando-o um profissional diligente e capaz.

Fonte: Blog Juris Correspondente

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!