Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Justiça manda indenizar em R$ 180 mil família de bebê que nasceu em acidente

goo.gl/7r3ncX | A desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) determinou que a família de Isabella dos Anjos, 2 anos, que nasceu durante acidente em que seus pais morreram, receba indenização de R$ 180 mil por danos morais. O casal estava em uma motocicleta e foi derrubado por um caminhão, que levou à morte deles. O impacto levou ao nascimento de Isabella.

O acidente aconteceu no dia 4 de fevereiro de 2014. O pai da bebê, Wladimir Lopes de Oliveira, de 29 anos, e a mãe, Antônia Dulcimar Batista, de 27 anos, morreram no local.  O caso gerou comoção entre os membros da equipe médica que atenderam a recém-nascida.

A decisão foi expedida na última terça-feira (14). No documento, a desembargadora afirma que Isabella e seu irmão mais velho, Deividy dos Anjos, de 7 anos, receberão R$ 30 mil cada, além de pensão mensal no valor de dois terços de um salário mínimo até completarem 25 anos.

Os avós maternos, Maria de Lourdes Batista dos Anjos e Pedro Matias dos Anjos, cuidam das crianças desde a morte dos pais. Eles e os avós paternos também recebem, cada um, R$ 30 mil da indenização para cuidar das crianças.

A empresa que deve pagar a indenização é o Frigorífico Indiara, empregador do motorista que dirigia o veículo que causou o acidente. O G1 entrou em contato com a empresa, mas não obteve resposta a respeito do caso até a publicação desta reportagem.



Antônia, de 27 anos, e Vladimir, de 29, morrem em acidente (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Acidente

No documento, a desembargadora relata que a mãe, Antônia, estava a caminho de uma unidade de saúde para fazer o último pré-natal, já que estava n 8º mês de gravidez. O marido estava levando a esposa na moto quando parou em um semáforo no cruzamento das avenidas Santa Maria e Jaime Câmara, no setor Cidade Verde, na capital.

Ainda conforme a decisão, um caminhão parou logo atrás do casal, quando um segundo caminhão bateu na traseira do primeiro. A colisão fez com que o primeiro caminhão atropelasse as vítimas na motocicleta. Na ocasião, o homem foi socorrido e levado a um hospital, mas acabou morrendo.

Antônia entrou em trabalho de parto e sua filha, Isabella, nasceu com traumatismo craniano, fratura na perna e na clavícula, mas se recuperou dos ferimentos. Ela morreu logo após o parto.

Por Vanessa Martins
Fonte: G1

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!