Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

Juiz cadeirante fica preso em prédio do Fórum Criminal por falta de acessibilidade; vídeos

goo.gl/8WkoPb | Cadeirante há 10 anos, o juiz José Olindo Gil Barbosa, do juizado de violência doméstica e familiar contra a mulher, passou por momento constrangedor no inicio da tarde desta terça-feira (27).



Sem energia elétrica, o magistrado ficou preso no 4º andar do Fórum Cível e Criminal de Teresina, devido a falta de acessibilidade. Ele estava preparando uma sentença quando houve a falta de luz por volta do meio dia. O fórum parou, pois não tinha gerador.

Inquieto com a demora do retorno da luz, o juiz resolveu chamar os policiais da Guarda Militar do Tribunal de Justiça do Piauí para que pudesse analisar uma alternativa para tirá-lo do prédio. Foi trazida uma  outra cadeira de roda e nos braços de seis homens o juiz desceu oito lances de escada sob olhares admirados e espantados do público e funcionários do fórum.

“É uma situação constrangedora. Não era pra passar por isso. Era para o fórum ter acessibilidade. Já deixei de trabalhar por duas ou três vezes por que não tinha como acessar meu gabinete que fica no quarto andar”, disse o juiz ao Cidadeverde.com.

José Olindo é cadeirante após sofrer inflamação medular. Ele disse que além da falta de acesso aos órgãos públicos, ele reclama da ausência de acessibilidade nas ruas, restaurantes e já deixou de celebrar casamento por não ter como se deslocar até o local.

"Já deixei de participar de palestra, de reuniões, de ir a lazer por falta de acessibilidade. Qualquer batente pequeno que seja já atrapalha a cadeira de rodas", disse o juiz.



Ele informou que o Tribunal de Justiça do Piauí criou uma comissão de acessibilidade para montar um plano de trabalho e melhorar os acessos aos prédios da justiça estadual. 

Por Flash Yala Sena
Fonte: cidadeverde.com

Nenhum comentário :

Agradecemos pelo seu comentário!