Notícias

Curiosidades

Dicas

Artigos

4 anos de formada, 2 escritórios de advocacia: como isso é possível? Por Matheus Galvão

goo.gl/N1rU5f | Com apenas quatro anos de formada, Mariana Gonçalves já construiu um império sólido na advocacia e revela que a saturação do mercado não é um obstáculo insuperável.

Produzindo conteúdo jurídico relevante dentro de seu nicho (Direito Imobiliário) ela conseguiu conquistar autoridade e consolidar uma carreira que supera barreiras geográficas. Ela atende pessoas de qualquer lugar do Brasil e, o mais importante, cobrando o justo por seus serviços e consultoria.

Hoje à frente de dois escritórios de advocacia, ela ainda encabeça um Canal no YouTube, um Blog (Minutos de Direito) sobre advocacia e direito imobiliário, e uma legião de mais de 35.000 seguidores no Instagram (@mariana_goncalvess).

Na entrevista abaixo, Mariana conta como foi o processo de consolidação da carreira e como a produção de conteúdo focado foi fundamental para que isso acontecesse.

________________________________

Matheus - Quando você escolheu o Direito como curso, você já tinha um plano bem traçado?


Mariana - Escolhi ser advogada aos 20 anos, digo isso pois nunca passou pela minha cabeça a ideia de fazer direito para seguir qualquer outra carreira jurídica. Eu fiz o curso de Transações Imobiliárias na Universidade Federal de SC e foi lá que conheci o direito imobiliário, posso dizer que foi "amor à primeira vista". Assim que conclui o curso, abri minha própria imobiliária e decidi que o eu precisava de mais conhecimento jurídico para a jornada, e que talvez a advocacia imobiliária fosse ainda mais fascinante que a corretagem!

Penso então que meu plano estava bem traçado, desde o primeiro período até o último eu sabia exatamente o que faria depois que concluísse os 10 períodos de graduação.

Matheus - Você acha que a advocacia está realmente saturada? Quais caminhos você enxerga para um bacharel em Direito, no mercado atual?


Mariana - Penso que está saturada sim, saturada de profissionais medianos com pouca dedicação e vontade de trabalhar! Eu tenho quase 4 anos de formada, assim que finalizei da graduação abri meu próprio escritório em Santa Catarina e em janeiro/2018 abri um escritório em Minas Gerais. O que me parece uma boa resposta sobre mercado saturado, se estivesse realmente saturado sequer o escritório de Santa Catarina teria dado certo, e os 2 escritórios atendem clientes dos mais diversos lugares do Brasil. A questão é ser inovador, estar onde seu cliente está e principalmente: Apresentar uma solução para os problemas que ele te apresenta demonstrando seu empenho e vontade de resolvê-los.

Matheus - De onde surgiu a ideia de produzir conteúdo para web? Foi natural ou você usou estrategicamente? Como foi o início da produção de conteúdo?


Mariana - Foi muito natural, na verdade quando eu abri o escritório eu tive vários momentos do dia "livres" e sabia que perder horas e horas olhando nada de relevante na tela do meu computador não seria engrandecedor para o meu futuro.

Por este motivo decidi que começaria estudar assuntos aleatórios que me agradavam e após o estudo eu escreveria um post para o meu blog.

Matheus - Você imaginou que teria o alcance que tem hoje? O quanto esse alcance te surpreendeu?


Mariana - No começo não pensei em alcance, pensei somente em mim mesmo. Escrever para mim, estudar para crescimento profissional próprio, e escrevia para não perder aqueles "resumos" do conteúdo estudado. Com o tempo meu material foi sendo solicitado por outros blogs e portais. Nesse momento eu percebi que o que eu estava escrevendo agradava muita gente e principalmente: tirava as dúvidas jurídicas imobiliárias das pessoas. Ao mesmo tempo que me surpreendeu surgiram diversas ideias e uma vontade imensa de fazer com que o blog crescesse ainda mais.

Matheus - O que isso te proporciona profissionalmente?


Mariana - Profissionalmente eu ganhei autoridade no mercado jurídico imobiliário e isso fez com que as pessoas quisessem me ouvir mais, gostaram da forma como eu apresento os temas, o meu jeito de escrever e explicar os assuntos imobiliários. É claro que isso não veio só do blog, o blog foi o responsável por "me mostrar pro mundo", o que eu escrevo é fruto e estudo, experiência de mais de 11 anos atuando no mercado e principalmente por conseguir juntar tudo isso e ser entendida quando falo ou escrevo.

Com isso aumentei muito a minha carteira de clientes, comecei a dar aula e tive segurança suficiente para partir para um segundo escritório.

Matheus - Muitos profissionais do direito acreditam que produzir conteúdo jurídico para leigos pode ser um tiro no pé, já que se torna uma “consulta gratuita”. Você concorda com isso?


Mariana - Eu confesso que tenho pavor de consulta gratuita, e sempre falo sobre isso, não respondo pessoas aleatórias que me procuram pedindo para responder seus questionamentos, pois para isso eu cobro! E faço atendimento de diversas pessoas do Brasil assim. Se me procuram para uma resposta, eu passo o valor e os dados bancários e agendo um horário para atendimento, ainda que via internet.

A questão é que produzir conteúdo não se trata de consulta para ninguém. Do mesmo jeito que aquela pessoa que lê meu conteúdo pode começar a compreender o problema jurídico que está passando, por exemplo com o imóvel financiado que ela comprou, ela também podem abrir o site do planalto na lei 9.514 e também compreender tudo aquilo que está acontecendo, quais seus direitos e deveres como fiduciante.

Acontece que lendo o meu texto na maioria das vezes o possível futuro cliente não conseguirá resolver o problema, e sim compreender o que de fato está acontecendo e que tipo de profissional precisa procurar para ajudá-lo.

Matheus - Que dica você daria para quem está começando na advocacia?


Mariana - Não pare de estudar nunca, não deixe de lado hábitos de estudos que você tinha durante a faculdade. Dedique algumas horas da sua semana para estudos, seja para atualização ou mesmo para recordar o que já aprendeu um dia.

Matheus - E para quem está começando a produzir conteúdo jurídico na internet?


Mariana - Comece. Tenha coragem de começar e aos poucos você perceberá suas fraquezas e poderá ajustá-las de acordo com a necessidade dos seus objetivos.

>>> Quer superar barreiras da advocacia atual, aprendendo a produzir conteúdo jurídico de qualidade?

Matheus Galvão, Advogado
Apaixonado por bons conteúdos
Advogado. Bacharel em direito desde janeiro de 2015 (Direito UFBA). Community manager em Jusbrasil. Escritor, compositor e roteirista. Louco por boas histórias. Precisando é só chamar. (71) 99728-9662 / matheusbgalvo@gmail.com
Fonte: Jus Brasil

2 comentários :

Agradecemos pelo seu comentário!